hospedado por:

Hostnet

Este artigo  faz parte da série de artigos sobre Marcas que Ultrapassaram o Status, que cresceram tanto que se tornaram sinônimos dos seus produtos. Por isso vamos continuar mostrando e conhecendo certas marcas que alcançaram sucesso e que até  fazem parte da nossa cultura pop.

Se você ainda não leu a parte I, clique aqui, e depois volte aqui para continuar a leitura.

Então, vamos lá !

Bombril

Em 14 de janeiro de 1948, Roberto Sampaio, inspirado nas marcas de lãs de aço dos Estados Unidos, funda a Abrasivos Bombril Ltda.

O lançamento foi uma revolução para as donas de casa.

Bombril polia panelas e também limpava vidros, louças, azulejos e ferragens, tanto que ganhou o conceito de “1001 utilidades”.

 

Danone

Em 1979, em Castelo Branco é fundada a Iophil – Produtora de Iogurtes S.A. pela família Gomes Filipe.

Esta empresa, com posição de destaque no mercado nacional, está nas origens da DANONE em Portugal.

Em 1994, atinge pela 1ª vez a liderança do mercado dos produtos lácteos, liderando até hoje.

 

Gillette

Em 1900 King C. Gillette teve a ideia revolucionária de criar lâminas descartáveis tão finas e tão fortes que foram consideradas por cientistas do MIT impossíveis de criar.

Em 1901, ele provou que eles estavam errados com a inovação revolucionária.

 

Xerox

Conhecida como a inventora da fotocopiadora, é uma empresa americana baseada em Stamford que atua no setor de tecnologia da informação.

No final de 1940 uma fábrica de produtos fotográficos chamada Haloid aproveita a invenção feita por Chester Carlson, a xerografia.

O sucesso da primeira fotocopiadora, XeroX Model A, e dos modelos seguintes levaram a companhia a trocar seu nome para Xerox.

 

Jeep

Criado pela fabricante Willys Overland ele nasceu para servir na guerra, o Jeep original só assumiria oficialmente seu nome anos depois.

Ao longo de 74 anos, os veículos foram protagonistas de diversos episódios históricos, graças à sua robustez, eficiência e carisma.

Em tempos de paz, seus derivados ajudaram a desenvolver novas nações e popularizaram um estilo de vida que rompeu as barreiras do asfalto.

Super Bonder

No começo dos anos 60, uma equipe de cientistas descobriu os cianoacrilatos, que então passaram a ser desenvolvidos sob a marca Loctite.

Esta inovadora resina acrílica curava instantaneamente à temperatura ambiente, sendo utilizável na maioria das superfícies e materiais disponíveis.

Loctite passou a comercializar Super Bonder como uma substância que não era só capaz de atender as necessidades da indústria, mas também os reparos domésticos de consumidores.

Blindex

A Blindex® é um caso interessante na história das marcas brasileiras.

Em pouco tempo se tornou mais conhecida que a própria fábrica, na época conhecida por Santa Lúcia Cristais Ltda.

Fundada em 09 de Janeiro de 1951, pelo banqueiro Louis Dreyfus, a Santa Lúcia Cristais foi no bairro do Bom Retiro, em São Paulo.

Botox

É a marca da toxina butinolina tipo A, produzida pela farmacêutica americana Allergan.

Por ser a primeira aprovada, BOTOX® tornou-se muito conhecida e, por isso, sinônimo do procedimento

No Brasil foi aprovada em 1992 para indicações terapêuticas e em 2000, para o tratamento de rugas e hiperidrose axilar e palmar.

Nos Estados Unidos, ela foi aprovada em 2002 para o uso cosmético e em 2004 para hiperidrose.

Teflon

O Dr. Roy Plunkett estava trabalhando em em seu laboratório, ao vaporizar um cilindro, algum tempo depois, percebeu que o fluxo de gás no cilindro tinha parado.

Ao desmontar e abrir o cilindro, encontrou uma substância branca, na forma de pó, a qual concluiu ser tetrafluoroetileno polimerizado.

Nascia então, o politetrafluoroetileno, e com ele a marca Teflon™.

Considerado o material menos aderente que existe, é uma das mais valiosas e versáteis tecnologias já inventadas, contribuindo para avanços no setor aeroespacial, de comunicações, eletrônico, processos industriais, arquitetura e é claro, na culinária.

Isopor

O EPS, material conhecido popularmente como Isopor® da marca Knauf Isopor®, foi descoberto em 1949, na Alemanha, por meio de experimentos dos químicos Fritz Stasny e Karl Buchholz.

Eles perceberam que ele podia inchar e ficar extremamente leve, o que possibilita mantê-lo em qualquer formato, tamanho e densidade, com a capacidade de bloquear a umidade e manter a temperatura interna.

Com isso, o passou a ser utilizado pelos Estados Unidos em seus barcos e também durante a Segunda Guerra Mundial.

Chegou ao Brasil por volta dos anos 60 e foi registrado como EPS Isopor® em 1998 pela Knauf Isopor®, após a indústria ter comprado a Basf Isopor®.

Por esse motivo, o nome “ISOPOR®” passou a ser reconhecido nacionalmente como produtos de EPS.

Pra uma marca conseguir chegar ao nível de se tornar um sinônimo para um produto exige muito tempo e engajamento com o publico.

Mas uma vez alcançado é um titulo quase que impossível de se perder.

É isso ai, chegamos ao fim de mais um, espero que tenham gostado e até a próxima !!

%d blogueiros gostam disto: