Uma senha sera enviada para seu e-mail

Marcas que ultrapassaram o status de marca, são aquelas que deixaram de ser apenas marcas e se tornaram o produto em sim, ou pelo sinônimos para eles.

Quem nunca usou um Band-Aid ? Ou um Cotonete ? Quem não gosta de comer Miojo ?

Pois é, essas coisas que costumamos usar no nosso dia a dia, na verdade são apenas marcas do que usamos.

Para uma marca alcançar esse status ela precisa ser pioneira no segmento ou crescer tanto a ponto de ofuscar os produtos das marcas concorrentes.

Esse fenômeno é mais comum do que você pensa, acontece com varias marcas. Veja a seguir  quais marcas são essas.

Alguns até vão te deixar de queixo caído.

Devido a grande quantidade dividirei em partes, ok?

Parte I

Band-Aid

-Manhêêê, cortei o dedo.

-Calma vou pegar o Band-Aid.

Apesar de ser muito provável que realmente seja usado um Band-Aid não é isso que sua mãe quer dizer.

Band-Aid são curativos adesivos inventada em 1920 por Earle Dickson, para sua esposa.

Dickson sugeriu a ideia para Johnson & Johnson, que passou a produzir o produto e vendê-lo como Band-Aid.

Em 1951, os band-aids temáticos foram lançados, com decorações de personagens de desenhos animados, e se tornaram um grande sucesso desde então.

Cotonetes

-Menino vem cá que vou pegar o cotonete pra limpar esse ouvido.

Quem nunca ouviu isso, né? 🙂

Cotonetes é o nome comercial das hastes flexíveis de plástico com algodões em suas pontas pertencente a Johnson & Johnson.

Preocupado que o pedaço de madeira com algodão nas pontas que sua mulher usava para limpar o ouvido de sua filha acabasse machucando ela, o polonês naturalizado americano Leo Gersternzang em 1920 desenvolveu uma haste flexível que proporcionasse mais segurança sem oferecer riscos ou danos.

Catupiry

-Eu quero uma familia de frango com catupiry

Siiiim, o tão adorado catupiry não é um tipo de queijo e sim uma marca de requijão cremoso.

Há mais de 100 anos, em Minas Gerais, os imigrantes italianos Mário e Isaíra Silvestrini produziram o primeiro requeijão cremoso do Brasil.

De uma receita de família, o casal fez nascer a Laticínios Catupiry®, um sonho que virou realidade em novembro de 1911 na estância hidromineral de Lambari.

 

Miojo

O fiel amigo dos estudantes universitários e jovens que saem da casa de seus pais.

O macarrão instantâneo de nossos dias foi criado por Momofuku Ando, em 1958 pela Nissin.

Apelidado de o “Rei dos Macarrões”, Momofuku morreu aos 96 anos, em Osaka no Japão, em decorrência de uma crise cardíaca.

Momofuku diz que sua necessidade de fabricar alimentos de baixo custo e de preparo fácil iniciou após presenciar, uma enorme fila de pessoas famintas depois da guerra diante de uma vitrine de sopas de fios de massa.

Maizena

Quem nunca comeu mingau de maizena que atire a primeira pedra.

A Maizena é uma marca comercial de amido de milho criada nos Estados Unidos em 1842, que pertence à empresa multinacional Anglo-Holandesa Unilever.

 

 

Lycra

Parece que aquela sua calça de academia talvez não Lycra.

A Lycra é uma marca de fibra sintética de grande elasticidade conhecida tecnicamente como Elastano ou Spandex.

Muito utilizada na confecção de calças, maiôs, sungas, e biquínis, roupas de ginástica.

Durex

Lembra quando você era criança e usa durex pra atividades da escola?

Bem talvez o que você realmente fosse apenas fita adesiva de uma marca qualquer.

O nome Durex é um antropônimo criado a partir do nome de Richard G. Drew, cientista responsável pela invenção da fita adesiva.

A 3M, empresa dona da Durex, era chamada no Brasil por seus funcionários, de “Durequinha”, tamanha a importância do produto em seu negócio.

Post-it

Sim, Post-it não é nome daqueles bloquinhos amarelos adesivos.

O cientista da 3M, Dr. Spencer Silver, durante a pesquisa de adesivos no laboratório ele descobriu algo peculiar: um adesivo que se fixava suavemente em superfícies, mas não colava totalmente sobre elas.

Enquanto isso, Art Fry, outro cientista da 3M, estava frustrado, durante o ensaio do coral de sua igreja, ele usava pequenos pedaços de papel para marcar os hinos que iriam cantar, no domingo, ele descobria que todos os pedaços de papel haviam caído do livro de hinos.

Junto com o Dr. Silver, começaram a desenvolver o produto e ao escrever mensagens em seu novo bloco de notas para se comunicar no escritório eles descobriram todo o potencial da ideia.

Velcro

Fiz a mesma cara que você quando descobri isso.

Em 1941 quando o engenheiro suíço George de Mestral e seu cão voltaram de um caçada, ele percebeu que estavam cheios de sementes de bardana.

Uma semente minúscula coberta por centenas de “ganchos” que prendem-se aos pelos, cabelos e roupas.

Inspirado pela semente, de Mestral criou o primeiro fixador com ganchos e argolas do mundo.

Fixadores VELCRO® são utilizados pela NASA, vestuário militar e até fixa o gramado nos estádios de futebol.

Jet Ski

“Os carros são como as lanchas as motos como os Jet Skis”

Quem lembra desse comercial ?

Em 1973 a Kawasaki cria uma nova categoria de esportes marítimos com o lançamento da primeira moto aquática do mundo.

Só depois de pelo menos dez anos é que outras empresas começaram a produzir as motos aquáticas, o que não impediu Jet Ski se tornasse um sinônimo para essas motos.

A Kawasaki, reclama sobre o uso genérico da marca para se referir a todas motos aquáticas, alegando estaria prejudicando a imagem em vista dos acidentes ocorridos.

E aí, quantos dessas você sabia que eram marcas ?

Deixe o seu comentário abaixo.

Logo, logo sai a continuação, com a parte dois sobre marcas que ultrapassam o seu status inicial.  Fique ligado! 

Até a próxima.  😀

 

%d blogueiros gostam disto: