hospedado por:

Hostnet

Eae Designimado! Como vai?

Você sabe por que criar um portfólio é tão importante para um criativo?
Porque ele é a prova de que você sabe fazer. Além disso ele demonstra não somente os seus trabalhos, mas também um pouco da sua personalidade, estilo e capacidade técnica.
Se somarmos isso a ideia que somos seres mais visuais a importância de um portfólio fica ainda maior. .Um estudo da Escola de Administração da Universidade de Minnesota, indicou que ao utilizar de recursos visuais aumenta-se em mais de 43% as chances de convencer outras pessoas (fonte).

Em um outro artigo no meu blog eu falo sobre como criar um portfólio ajudou-me a dar um salto de performance na minha vida profissional.

É fato que se você trabalha em uma área criativa, e principalmente se for a de Design, você precisa ter um portfólio para captar novas oportunidades. Entretanto você não precisa ser uma mega artista famoso, ou um profissional com anos de experiência para começar a criar o seu.
A seguir confira algumas dicas para que você possa ter um bom portfólio para apresentar.

Qualidade é melhor do que quantidade

É muito mais válido ter 3 ótimos trabalhos do que 30 mais ou menos. Não foque tanto em quantos trabalhos você terá no seu portfólio e sim em quais trabalhos. Foque na qualidade e não tanto na quantidade. Caso tenha muitos trabalhos apresente apenas os melhores.

E caso você não tenha trabalhos e/ou não saiba por onde começar um portfólio, eu te indico que baixe gratuitamente o meu eBook sobre o assunto.

É necessário especificar o que você fez em cada trabalho

Muitos dos projetos que você colocará em seu portfólio serão frutos de parcerias ou até mesmo trabalhos como funcionário em uma empresa. Logo dificilmente você participa de todas as etapas do desenvolvimento.

Então quando for apresentar o trabalho no portfólio, especifique aquilo que você fez. Coloque a data que aconteceu e dê créditos para a empresa e ou outras pessoas que participaram do projeto.

Você não precisa de necessariamente de um site para criar o seu portfólio

Hoje em dia o seu portfólio deve ser online. Você pode até criar um físico (aquele impresso que você leva em uma pasta), mas este no máximo será um complemento do online que você usará em casos específicos. Por isso muita gente pensa que para ter um portfólio é preciso colocar um site no ar, o que não é necessariamente obrigatório.

Se você almeja uma vaga de Designer gráfico, por exemplo, você não precisa ter o seu próprio site. Claro que se tiver, melhor. Mas não é algo fundamental.
Temos alguns sites específicos para isso onde você pode publicar o seu portfólio como o Behance, Devianart e Cargo. Além deles você pode utilizar as redes sociais também como o facebook, pinterest, instagram, entre outros.

Por outro lado, se você deseja trabalhar como Web designer, UX Designer ou alguma profissão relacionada ao desenvolvimentos de site, aí sim ter o seu próprio espaço na web é algo que pode fazer a diferença.

Simplicidade é fundamental. Facilite a vida de quem está vendo

Cuidado com a comunicação visual e escrita. Não seja prolixo na escrita e evite exageros no design. Seja simples e direto ao ponto. Lembre-se que os seus trabalhos que são as estrelas do seu portfólio. Evite o famoso “encher linguiça” ou aquela “florida” desnecessária. As pessoas cada vez mais consomem conteúdo de forma rápida e certeira. Exageros podem até causar uma má impressão. Tenha bom senso.

Mostre a sua personalidade e talento

O portfólio é o seu espaço para mostrar do que realmente é capaz. Seja autêntico, crie e invente. Ser diferente em muitos casos ajuda bastante tanto a conseguir um job, quanto a evitar que alguém que não tem um perfil para trabalhar contigo lhe faça alguma proposta.

Não se trata somente dos seus trabalhos, mas também de você

Dificilmente a pessoa que quer te contratar ficará apenas no seu portfólio. Após ela ver e aprovar o seu trabalho era com certeza vai querer saber quem é o cara por trás de todos aqueles projetos.  Por isso tome cuidado com o que posta nas redes sociais principalmente sobre assuntos polêmicos.

Evite fotos comprometedoras como aquelas que você tirou na balada com o olho pequeno e um copo de uísque na mão. Além disso tenha um e-mail exclusivo para contatos profissionais. Pode ser do gmaill, não tem problema.  Não deixe como opção de contato  aquele seu e-mail “[email protected]…” que você utilizava na época do orkut.

Tenha bom senso no seu portfólio e também na sua “vida online”.

Críticos sempre existirão. Não tenha medo de críticas.

Ninguém gosta de ser criticado, eu sei! Isso é algo inevitável. Mas você como designer, ou criativo em geral, precisa se acostumar mais do que qualquer outro profissional, com esse fato.

Portanto seja humilde para aceitar as construtivas e deixe de lado as negativas que só querem te colocar para baixo. Tenha discernimento para guardar o que for útil e nunca deixe que outras pessoas destruam o seu sonho.

Então é isso 😀

Se você pretende trabalhar como designer, seja gráfico, web ou qualquer outro, em algum momento você precisará criar um portfólio. E se você já trabalha, e não tem um portfólio, provavelmente pode estar perdendo oportunidades (se não já perdeu, né?) por não tê-lo.

O portfólio é sua carta de apresentação que prova que você sabe fazer e entende do faz.
Então não perca tempo para criar o seu portfólio.

Caso você esteja com dificuldades para criar o seu, deixo  aqui (basta clicar neste link) o meu  eBook gratuito para que você possa baixar e começar a desenvolver o seu portfólio. Nele você encontrará dicas sobre como criar e divulgar o seu portfólio mesmo sem ter nenhum trabalho na área.
Até mais!

Abraço!

%d blogueiros gostam disto: