Uma senha sera enviada para seu e-mail

Escolher uma carreira é um dos momentos mais importantes da vida. Você concorda? Afinal você irá conviver com as consequências de sua escolha por muitos anos. Uma das áreas que mais geram oportunidades é ad e Web Design, principalmente quando se trata de criação de sites e aplicativos web.

Este artigo é para você que está pensando em se tornar um web designer mas não sabe qual o melhor caminho a seguir já que existem muitas coisas a considerar quando pensamos no assunto.

Algumas questões sempre virão a mente como, por exemplo:

É melhor aprender sozinho ou seguir a orientação de um instrutor? Qual conteúdo eu devo começar a estudar primeiro? Será que tenho o perfil para me tornar um profissional da área?

E se questões como estas estão circulando em sua mente continue lendo este conteúdo que o [nome do site] vai te ajudar a dar uma luz em suas decisões. Preparado?

Já antecipando, neste artigo você verá:

  • Se o Web design tem a ver com você;
  • Qual a melhor forma de aprender web design;
  • E por quais conteúdos começar os estudos.

Então a primeira coisa que temos que descobrir é:

Web design tem a ver com você? Como saber?

Pode ser que você esteja bem decidido em se tornar web designer e pouca coisa pode te abalar quando se tem uma forte decisão. Porém leve em consideração conhecer-se bem para solidificar ainda mais essa decisão.

O mesmo serve para quem ainda está perdido. Procure olhar para si mesmo e veja se algumas características presentes nos profissionais da área você também possui. Até mesmo um teste vocacional pode te indicar um a caminho. Mas lembre-se a decisão final é sempre sua.

Agora vou listar algumas características que um bom profissional da área “deveria” ter. Entretanto não considere esta lista como uma regra rígida. Vamos a elas?

  • Ter disposição para resolver problemas – Toda as áreas relacionadas ao Design, por si só, são destinadas a resolução de problemas. O web designer é contratado não tão somente para projetar um site, mas especificamente para dar solução a um problema real que o cliente possui e que a arquitetura pensada para o layout ajudará a trazer os resultados esperados. Se você gosta de desafios e é um obstinado por resultados, já tem um ponto a favor.
  • Sente prazer em lidar com tecnologia – Esse é um bom indicativo pois você vai lidar constantemente com tecnologias diversas e que mudam a todo o tempo.
  • Ter admiração por artes e comunicação visual – Se você é do tipo que fica encantado com as nuances que envolve uma produção cinematográfica, gosta de história da arte, fica tomado de curiosidade com a comunicação visual de uma embalagem de um produto ou de um panfleto, e adora fotografia, apesar de não estarem diretamente ligados com web designer, são indicativos que você terá um bom senso estético e capacidade para absorver conceitos aplicados na área.
  • Criatividade – Criatividade em web design está bastante relacionado com resolução de problemas. É você lidar com a limitação de um certo cenário para desenvolver interfaces criativas. Por exemplo você construir um belo layout para desktop mas que funcione também para celulares e tablets.
  • Organização – Se você não for organizado o mínimo possível você estará perdido nesta área. Só o processo de gerar ideias para sites envolve conceitos e ferramentas que exigem foco e organização. E isso é a ponta do iceberg. A execução de projetos de forma desorganizada pode gerar atrasos na entrega.
  • Boa comunicação – Não pense que trabalhando como web designer você ficará em um mundo fechado em frente ao seu computador. Você terá que ter uma boa relação com equipes, se comunicar com diferentes profissionais e lidar com clientes para um bom andamento dos projetos. Uma boa comunicação é imprescindível.

Existem outras características mais procurei focar naquelas que julgo as principais. Não se sinta intimidado caso você não enquadre em algumas delas. Não vou dizer que todas, mas algumas características podem ser desenvolvidas com observação, pesquisa, prática e disciplina, até se transformar um hábito.

Reflita sobre esse tópico. Agora vamos ver qual a melhor forma de aprender web design.

A melhor forma de aprender web design

Digamos que você já sabe que web design é sua praia, porém não sabe ainda qual a melhor forma de absorver os conteúdos, se sozinho como autodidata, se um curso presencial ou se em um curso online. Vou passar por cada umas delas para vermos as vantagens e desvantagens.

Aprender sozinho

Vantagens: Aprender sozinho é bem vantajoso para quem é autodidata e tem um perfil proativo. A grande vantagem de aprender sozinho é que quando você assimila um conteúdo ele fica bem solidificado em sua mente. Afinal o conteúdo não foi apenas passado e sim vivenciado como uma experiência.

Outra grande vantagem é não ter que se deslocar para longas distâncias caso o curso não seja ministrado em sua cidade.

Desvantagens: Nem tudo são flores. Dedicação extra será necessário e uma boa dose de paciência e tempo para angariar conteúdo pela web que está tudo espalhado.

Frequentar cursos presenciais

Vantagens: A grande vantagem de um curso presencial é poder esclarecer uma dúvida pontual ali com o instrutor qualificado. Principalmente para aqueles que não tem paciência para pesquisar soluções sozinho. Também você pode fazer networking com os outros alunos.

Desvantagens: Nem todo mundo mora em uma cidade que possui um curso de formação próximo, ou tem condições para se deslocar.

Cursos online

Vantagens: O curso online agrega o que há de melhor nos dois cenários anteriores. Você será instruído por um profissional qualificado e pode usar suas habilidades de autodidata para estudar com mais afinco.

Outras vantagens são que você pode assistir as aulas no conforto do seu lar, sem se preocupar com deslocamentos e na maioria das vezes estudar na hora que você bem entender. Alguns cursos até oferecem oportunidade de interação com outros alunos em fóruns especiais.

Desvantagens: A grande desvantagem é que algumas questões pontuais não são respondidas de imediato pelo instrutor necessitando contato via formulário e um certo tempo para ter acesso a resposta.

Então qual a melhor forma para aprender web design?

Isso vai muito de acordo com seu perfil e com a disponibilidade de cursos por diferentes meios.

Se você sente a necessidade de um instrutor presente um curso presencial se faz necessário, mas terá que arcar com os custos que isso envolve.

Mas se ao contrário você gosta de estudar sozinho um curso online pode ser indicado por reunir os melhores conteúdos já organizados fazendo que você ganhe tempo. Afinal estudando sozinho você não possuirá um instrutor para esclarecer todas as dúvidas na hora e terá que compensar o tempo ganho para investir em mais pesquisas.
week-web-semana-de-web-designE agora que você tem uma noção sobre qual forma para aprender web design, o que vem a seguir?

Que tal conhecer quais conteúdos para começar seus estudos e ter seus primeiros resultados? É o que veremos a seguir.

O que começar a estudar?

Há muito o que se aprender. Na verdade é algo constante. Não para nunca!

Para iniciar vou sugerir um roteiro para você seguir que abrangerá o que de fundamental você precisa para começar na área. Não foi exatamente o que eu segui quando comecei a pesquisar sobre web design, mas o que acredito que seja um bom começo depois de anos respirando esta área. São três caminhos.
Primeiro caminho que indico é estudar o máximo possível sobre conceitos de design e web design.

Devore fundamentos como Teoria das cores, Tipografia, Diagramação, Semiótica, Gestalt, Branding, Ergonomia, Usabilidade, Navegabilidade, Acessibilidade, Arquitetura de informação, UI, UX, entre outros. Devore tudo e quando tiver com os conceitos em mente analise, visitando galerias de websites, toda interface que encontrar confrontando com o que aprendeu.

Simultaneamente procure dominar pelo menos um software de edição de imagens como o Photoshop e um de desenho vetorial como o Illustrator. Existem outros, mas esses são o que indico. Este é segundo caminho.

Dominando esses softwares, juntamente com os conceitos de web design, você já pode desenvolver seus primeiros projetos de interfaces de forma experimental, nem que você não mostre para ninguém ainda. O objetivo é treinar. Já o terceiro passo que indico é aprender as linguagens HTML/CSS e padrões Web.

Qual é o melhor caminho para aprender Web Design?

Aprendendo a codificar com essas linguagens você já estará apto a transformar seus layouts em sites estáticos propriamente ditos. Lógico que este é um começo. E estudando sozinho demorará um tempo maior. E você pode alcançá-lo, e até avançar além, de forma muito mais rápida, como por exemplo, desenvolvendo sites dinâmicos e mais robustos, se tiver um treinamento adequado e organizado para tal.

Nesse caso eu indico para você o treinamento Web Designer PRO. Ele é um curso voltado para quem está iniciando e que apresenta o web design através de vídeo aulas focando nos principais fundamentos da área e no que há de mais moderno.

A proposta do curso é que você tenha uma absorção do conteúdo de forma mais efetiva possível e que em poucas semanas você já esteja apto a construir um layout, só que baseado em conceitos de verdade e não apenas no que um construtor de sites é capaz de fazer.

Participe gratuitamente da Semana de Web Design para saber mais sobre a área.

Considerações finais

Procurei apresentar neste artigo os melhores caminhos que você pode seguir para aprender web design e quais conteúdos você pode iniciar seus estudos.

Mas para percorrer esses caminhos você precisa de disciplina, muita dedicação e fundamentalmente acreditar em seu potencial.

Em breve você poderá criar seus primeiros layouts, almejando trabalhar em alguma agência , empresa de tecnologia ou trabalhando como freelancer.

Confira também outros artigos aqui da Designimador sobre a área de Web design:

E o que você acha? Quais os caminhos que um iniciante deve seguir para aprender web design? Deixe sua opinião!

Aproveite diga também o que achou do artigo. Compartilhe com seus amigos!

%d blogueiros gostam disto: